28jan
By: sergio ligado: janeiro 28, 2018 In: Blog Comments: 0

Os ataques de hackers vêm aumentando no mundo inteiro e isso já deixou de ser novidade faz tempo. Certo? E sua empresa está investindo em segurança da informação para fugir deles? De acordo com a empresa de consultoria Gartner Group, investimentos desse tipo atingiram US$ 90 bilhões em 2017, um aumento de 7,6% em relação a 2016.

O fato é que nunca foi tão acessível contar com serviços especializados para aumentar os cuidados ou reduzir o alcance dos danos. Óbvio que é necessário investir em práticas de segurança, mas, atualmente as empresas estão mudando o foco de suas estratégias. O objetivo agora é se concentrar mais na detecção e resposta do que na proteção propriamente dita. A seguir,explicamos melhor como isso funciona e ainda damos 5 dicas para afastar sua empresa dos ataques.

Os três pilares da segurança da informação

Parte dessa postura se deve a um consenso de que não é mais o caso de pensar se uma invasão, ataque cibernético ou de perda de dados irá ocorrer. A questão agora é: quando ela ocorrerá. A abordagem mais atual para combater esse mal tem como base três pilares:

Detecção: é necessário dispor de tecnologias que façam frente às ameaças, utilizando sistemas integrados como IPS/IDS (sistemas para detecção de acessos não autorizados à rede); firewalls inteligentes, que inspecionam todo o tráfego da rede; e soluções SIEM, capazes de coletar, armazenar e investigar as informações de e traçar um plano de resposta a incidentes.

Contenção: estabelecer processos que determinem a execução imediata de medidas de contenção, que consiste em classificar um incidente assim que ele é detectado, tomando rapidamente medidas para evitar sua propagação.

Investigação: uma vez detectado e contido, o incidente deve ser devidamente investigado e mapeado. Assim, será possível estimar o que será preciso para evitar outra ocorrência do mesmo tipo ou até mesmo estabelecer quais novas soluções de segurança precisam ser implementadas.

Saiba como combater ataques cibernéticos

Agora que você entende melhor como funciona a segurança da informação, se você quer se juntar ao grupo dos que acreditam que investimentos desse tipo fazem toda diferença, confira as 5 dicas a seguir:

Estabeleça uma política de senha na empresa

 

 

Para combater os ataques, o primeiro passo é estabelecer um protocolo interno para o uso de senhas fortes, com mistura de números, símbolos e letras. Elas devem ser trocadas com frequência.

Elimine contas inativas

Acessos que não são mais utilizados podem se tornar uma porta ao sistema de sua empresa. Muitas vezes, a invasão ocorre por ação ou conivência de ex-funcionários insatisfeitos, que desejam prejudicar o antigo empregador.

Desenvolva treinamentos

A equipe deve receber informações atualizadas sobre procedimentos de segurança, evitando ações que facilitem o trabalho dos criminosos. Disseminar as boas práticas a serem tomadas no ambiente empresarial e também quando funcionários utilizam notebooks de trabalho fora do ambiente da empresa, por exemplo.

Aplicativos de segurança

De nada adianta possuir softwares que combatam a ação de vírus e malware se eles não estiverem atualizados. Quanto menos atualizado o aplicativo, maior a vulnerabilidade. Há uma gama enorme de programas desse tipo, que podem ser baixados rapidamente, tanto gratuitos quanto pagos, que são os mais recomendáveis.

Consultoria

É recomendável contar com os serviços especializados de uma consultoria. O valor dispendido nesse serviço constitui um investimento importante na sobrevivência do seu empreendimento.

Para ficar sempre bem informado sobre a Tecnologia da Informação para pequenas e médias empresas, siga-nos no Facebook!

Trackback URL: https://wmsit.com.br/saiba-como-as-empresa-estao-investindo-em-seguranca-da-informacao/trackback/